Introdução

02 setembro, 2010
A primeira coisa que vos quero introduzir é o livro que vou abordar.
Tenho sempre uma miríade de personagens a correr pela minha cabeça e a maneira mais eficaz que consegui arranjar para deixar em notas o tom, tipo de história e personagens foi escrever um excerto de cada, mesmo que não volte a tocar na história durante muito tempo.
A maior parte das vezes consigo séries simplesmente pelo facto de quando surgem personagens secundárias encontro que estas são dignas de contar as suas histórias. Caso foi a da Tela Manchada - a personagem principal surge na história anterior como alguém muito importante e não resisti. Ainda antes de ter terminado a história que precede esta e  a qual é, contudo, semi-irrelevante, já tinha um excerto sem título escrito. Até a minha mãe gostou e ela não é fã de paranormal.
~~~
A história
~
A primeira coisa que fiz depois do primeiro excerto foi acrescentar algo semelhante a uma sinopse.
Gabriel encontra Karen definhando num beco escuro e acolhe-a em sua casa pela sua beleza e possível utilidade como consorte, usando-a em festas da alta sociedade do seu obscuro mundo. Mas Gabriel não é o único a apreciar Karen e não tardam em aparecer ‘pretendentes’ à posse da consorte humana. Para não falar de que Karen é uma mais das quais possui ADN capaz de curar a praga vampírica. Contudo há quem não deseje que essa informação venha ao de cima.
Óbvio será dizer que ao longo das coisas isto irá mudar e tornar-se mais complexo. Servirá apenas como um guia. Quanto mais se acrescenta mais semelhante ficará a um resumo. Ou seja, este tipo de notas serão a base de uma história pela qual nos guiaremos para desenvolver o livro.

5 comentários:

wapy disse... [Reply]

Excelente! Essa ideia das notas não está nada mal - eu cá não tiro notas de nada e se calhar convinha-me!

Catarina disse... [Reply]

Gosto destes métodos de escrita! Parabéns pelo blog, e que vá crescendo com o tempo! Podes contar comigo :)

rainfreak disse... [Reply]

@wapy
É porreiro, é como teres parte de um filme. Mas é só aquele bocadinho!

rainfreak disse... [Reply]

@Catarina
Obrigada pelo apoio. Espero que o blog cresça nos próximos dois meses!

Catarina disse... [Reply]

Vai crescer, com certeza! ;)

Enviar um comentário